Descubra mais da alimentação natural para o Bulldog Francês

Hoje em dia, existe, por parte das pessoas, uma preocupação crescente em relação à sua alimentação, tentando incluir o máximo número de alimentos saudáveis na sua dieta. Esta tendência estende-se não só ao agregado familiar mas também aos animais de estimação.

Afinal de contas, eles são parte da família. Assim sendo, cada vez mais os donos optam por oferecer aos seus amigos uma alimentação menos industrializada e artificial, abandonando as rações do supermercado e recorrendo a uma alimentação natural.

alimentacao naturalMas afinal em que consiste a alimentação natural e quais são as suas vantagens?

A alimentação natural é uma dieta natural de alimentos preparados em casa e pode trazer alguns benefícios ao seu Bulldog francês. Contudo, para conseguir oferecer a melhor ração, deve estar muito bem informado sobre as características biológicas do seu cão de modo a conseguir suprir todas as suas necessidades nutricionais, não só através da quantidade ideal, mas também através da qualidade da alimentação.

Antes de mais, precisa de saber que existem três categorias dentro da alimentação natural para Bulldog: a alimentação natural crua e com ossos, a alimentação natural crua sem ossos e a alimentação cozida.

alimentacao natural bulldog frances

A alimentação natural crua e com ossos consiste em simular a composição de uma presa, ou seja, seria a alimentação que o seu cão iria procurar se você não existisse na vida dele. Nesta alimentação entram ossos crus (o esqueleto de lebres, aves, pequenos ruminantes e etc), carnes cruas (o músculo) e vísceras cruas (os miúdos e os órgãos). Nas rações industrializadas estes componentes estão muito presentes pela boa resposta nutricional que oferecem aos cães.

Caso o seu animal não goste de ossos ou seja difícil para si encontrá-los, pode optar pela alimentação natural crua mas sem ossos, que inclui carnes, ovos e vísceras no seu estado natural – cru. Estes alimentos crus são ricos em enzimas, aminoácidos e vitaminas que não resistem bem ao cozimento e por isso é que os deve servir crus.

Por último, existe ainda a alimentação cozida que traz ótimos níveis de proteína animal, de gorduras saudáveis e de hidratos de carbono com um baixo a moderado índice glicémico. Este último é o género de alimentação mais procurado, uma vez que muitos donos não se sentem muito à vontade para servir ossos ou carnes cruas aos seus Bulldog.

bulldog comendo alimentacao naturalAlém de ser a alimentação ideal para cães de paladar exigente, esta alimentação é a mais adequada para cães com grande sensibilidade gastrointestinal. Sendo a dieta mais variada desta lista, esta é também a dieta que requere mais cuidado, pois pode, por engano ou distração, dar ao seu Bulldog um alimento que lhe seja prejudicial.

Em suma, a alimentação natural, em geral, é considerada como aquela que traz menos problemas de pele e de alergia aos Bulldog franceses, mesmo quando comparada com rações super premium.

Além disso, os Frenchie ficam mais satisfeitos quando têm uma dieta variada. Sim, o seu cão pode encher-se de comer sempre o mesmo. Ainda que ele considere a ração habitual saborosa, uma dieta natural que seja variada vai deixá-lo bem mais satisfeito e feliz a longo prazo.

Por último, é também de destacar que a alimentação natural diminui o tártaro, melhora o hálito, deixa o pelo mais brilhante, diminui a queda de pelo, melhora o sistema imunológico e os nutrientes da alimentação natural são mais facilmente absorvíveis do que nas rações.

comida natural bulldog francesComo já entendeu, apesar das inúmeras vantagens, a alimentação natural não é uma opção rápida nem fácil, uma vez que tem de despender algum do seu tempo para confecionar os pratos do seu cão e outro tanto para se instruir no assunto. Ao contrário do que muita gente pode pensar, a alimentação natural para cães está muito longe de ser os restos da sua própria comida.

Caso decida fazer esta mudança na dieta do seu Bulldog Francês, o recomendado é ir introduzindo os alimentos naturais gradualmente. A flora intestinal do seu companheiro precisa de se ir adaptando à nova dieta aos poucos. Ou seja, pode começar por lhe dar metade de ração e metade de comida natural, deste modo o organismo do seu cão vai-se preparando para fazer a transição completa para a alimentação natural. Se verificar que o seu Frenchie não se está a adaptar como você gostaria à nova dieta deve tentar perceber junto de um veterinário o porquê dessa rejeição e ajustar novamente a dieta.